sábado, 21 de setembro de 2019

JUIZ NEGA PASSAPORTE A TEMER

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro, negou autorização para o ex-presidente Michel Temer viajar ao Reino Unido, que foi convidado para proferir uma palestra na Oxford Union. Bretas no despacho diz: “o status de réu, em ações por corrupção, é incompatível com o uso do passaporte diplomático para evento acadêmico". Adiante escreveu: “Não fosse a decisão contrária de instância superior, segundo o entendimento exposto inicialmente por este Juízo, posteriormente sufragado pelo Tribunal Regional Federal desta 2ª Região, o peticionante provavelmente ainda estaria preso preventivamente, pois os argumentos que aqui apresentou não foram capazes de alterar meu convencimento quanto à necessidade de sua custódia".

OAB APOIA CORRUPTOS

A OAB tem-se destacado por prestar solidariedade a políticos corruptos; assim é que, logo após a busca e apreensão nos gabinetes do senador Fernando Bezerra Coelho e do seu filho, deputado Fernando Coelho Filho, o Conselho Federal emitiu Nota, manifestando apoio aos corruptos. A entidade critica o fato de a Procuradoria-geral da República não ter requerido a diligência e o ministro Barroso, do STF, ter autorizado. A manifestação da OAB não se sustenta, porquanto o magistrado não está obrigado a seguir o que o Ministério Público requer.

POLÍCIA FEDERAL PRENDE MAIS DOIS

A Polícia Federal prendeu na quinta feira, dois suspeitos no esquema de hackers das mensagens do ministro da Justiça e do procurador Deltan Dallagnol. A Operação denominada Soofing investiga a invasão de mil celulares, dentre os quais de autoridades do país, inclusive do próprio presidente Jair Bolsonaro. Quatro suspeitos, presos em julho, continuam na prisão. 

Não se entende é como a Polícia prende os hackers, porque criminosa a invasão dos celulares, e alguns membros do Judiciário defendem o uso desse produto criminoso para servir como acusações ou absolvições de corruptos.

DALLAGNOL: NO JUDICIÁRIO TEM CORRUPÇÃO

O procurador Delta Dallagnol, da Lava Jato, em entrevista a Crusoé, mostrou-se surpreso sobre a ausência da Lava Jato no Judiciário. Declarou: "Não está imune da corrupção. Nenhum setor, nenhum órgão, está imune à corrupção. Acredito, sim, que existe corrupção no Judiciário. Ao longo da vida, já vimos indicativos disso, em investigações, relatórios do próprio Coaf relativos a movimentações incompatíveis de pessoas vinculadas ao Judiciário." Dallagnol explica que deve haver filtros para barrar os delatores, através de seus advogados; ademais, a corrupção no Judiciário estaria ligada a escritórios de advocacia.

CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DOS EE UU

Um total de 19 democratas buscam a candidatura pelo Partido na eleição do próximo ano, para enfrentar o Republicano, Donald Trump. Os principais candidatos são Joe Biden, ex-vice-presidente na administração de Barack Obama; Bernie Sanders, senador pelo estado de Vermont, que disputou a candidatura na eleição de 2016 e Elizabeth Warren, senadora pelo estado de Massachusetts. Fox News divulgou pesquisa de opinião pública, realizada nos dias 11 e 13/08, e os resultados não são animadores para Donald Trump, porque cada um dos três candidatos democratas vence Donald Trump. O percentual de 48% dos americanos rejeitam "fortemente” o governo de Trump, sendo 53% entre mulheres, 76% entre negros e 63% entre "não brancos”.

MEGA CONSTRUÇÃO DO TRIBUNAL

O Tribunal de Justiça de São Paulo projeta construir um novo edifício para abrigar os gabinetes dos magistrados da capital e está orçado os gastos em R$ 1.2 bilhão; o Secretário da Fazenda, Henrique Meirelles faz ressalvas nessa pretensão da Corte paulista, apesar de reconhecer a independência orçamentária do Tribunal. Meirelles afirma que vai “gerar, certamente, um aperto dentro do próprio judiciário”. A obra causa polêmica entre os integrantes do Tribunal e o presidente Manoel Pereira Calças é mal visto pelo governo do Estado. Somente o projeto da obra custará R$ 25 milhões e estão programados 30 elevadores e até um heliponto para o edifício dos gabinetes dos desembargadores.

POLÍCIA DESCOBRE MILHÕES NA CONTA DE HACKER

A Polícia Federal, depois da quebra do sigilo do hacker Thiago Eliezer Santos, o Chiclete, mentor de Walter Delgatti Neto, descobriu movimentações de milhões. Eles sãos os hackers que roubaram as conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro, e dos procuradores. Fala-se que a Polícia pode chegar ao americano/brasileiro Gleen Greenwald, dono do Intercept, que disse ter recebido as mensagens de fonte anônima e gratuitamente.