sábado, 9 de novembro de 2019

TRUMP É CONDENADO

Um Procurador-geral de Nova York ingressou com ação judicial no ano passado, alegando que Trump e a família usaram uma fundação como extensão de seus negócios e na campanha presidencial. Um juiz estadual deu a sentença, condenando o presidente a pagar, em indenização, US$ 2 milhões, a instituições de caridade, porque desviou fundos de sua própria entidade assistencial. O próprio presidente admitiu ter arrecadado pela Fundação Trump indevidamente para promover sua candidatura à presidente em 2016, a pagar dívidas comerciais e comprar um retrato dele mesmo para seus hotéis. 

O acordo celebrado, em outubro, e publicado na quinta feira, 7/11, inclui uma cláusula de má conduta rara do presidente. Mesmo admitindo o crime, Trump descreveu a condenação como "ataques políticos do Estado de Nova York". A Fundação foi fechada em dezembro, pouco tempo depois que a promotoria geral a processou, assegurando que a entidade procedia “como pouco mais que um talão de cheques para servir aos negócios e interesses políticos de Trump".

Nenhum comentário:

Postar um comentário