sexta-feira, 9 de junho de 2017

O HOMICÍDO NA BAHIA

O Atlas da Violência 2017 mostra que dentre os cinco municípios, onde se registra maior número de crimes, do Brasil, dois são da Bahia: Lauro de Freitas, tida como o dormitório dos assaltantes, é a segunda cidade mais violento do Brasil, tem taxa de 97,7 homicídios por 100 mil habitantes, enquanto Simões Filho, na quinta colocação, tem 92,3 por 100 mil. 

Em Camaçari, nas duas Varas Crime tramitam mais de 15 mil processos e também é grave a falta de servidores; cada uma das duas Varas, não possuem mais que 4 servidores. 

A Vara Crime tem em torno de 10.000 processos, conta com 3 (três) servidores, sob a titularidade da juíza Antonia Mariana P. Faleiros. 

Em Feira de Santana, por exemplo, tramitam em torno de 4.5 mil processos, e a falta de funcionários impede a regularidade do andamento. A Vara do Júri e Execuções Penais esteve recentemente sem juiz titular, onde tramitam mais de 6 mil processos. No periodo de cinco meses do corrente ano, já foram contabilizados, no município, 166 assassinatos 

Os processos de homicídio acumulam-se sem movimentação, em muitos casos, com a prescrição decretada. Essa situação é comum nas grandes e nas pequenas Comarcas, mas o Tribunal, ao que parece, quer resolver a situação fechando Comarcas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário